MLS 2017 - Portland Timbers

HOME
AWAY
Feito por: Caio Morais
Patrocinador: Alaska Airlines

Na MLS desde o Expansion de 2010, mas fundado originalmente em 1975, o Portland Timbers é uma das equipes mais tradicionais e conhecidas no futebol dos Estados Unidos. Inspirado na influência madeireira do estado de Oregon, o Timbers (Timber, em inglês, significa madeira), disputou as edições de 1975 a 1982 na NASL, principal torneio da época, mas não venceu nenhuma vez, embora tenha batido na trave em 4 oportunidades, uma delas para o New York Cosmos de Beckenbauer (e que havia tido Pelé em seu plantel até o ano anterior, 1977). Em 1985, o time foi revivido, e disputou ligas de menor expressão, como a Western Soccer Alliance (WSA). Em 1989, voltou a adotar o nome de Timbers. Revelou o goleiro de 4 copas do mundo, Kasey Keller, nesse período. Em 2001, já com a existência da MLS, e também da United Soccer League (USL, terceira liga dos EUA atualmente), disputou a última citada por muitos anos, até ter sido promovido à MLS. A USL A-League de 2001 tem muitas equipes fortes que também disputam hoje a MLS, como o Vancouver Whitecaps, Montreal Impact, Seattle Sounders. Na temporada de estreia na MLS, perdeu as duas primeiras partidas, mas em paralelo eliminou o Chivas USA (RIP) na US Open Cup. Fez uma temporada irregular naquele ano e terminou em 6º na Conferência Oeste, não classificando para os playoffs. Em 2012, repetiu a campanha do ano anterior, não classificando, mas em 2013, foi campeã da Conferência Oeste na temporada regular, mas perdeu a final da Conferência para o Real Salt Lake. Na US Open Cup, o mesmo Real Salt Lake seria carrasco do Timbers na semifinal. Em 2014, não classificou na Conferência, e na Liga dos Campeões da CONCACAF, foi eliminado no saldo de gols, na fase de grupos. A temporada de 2015 foi especial para o time de Oregon. 3º na Conferência Oeste, eliminou nos pênaltis o Sporting KC, venceu, no Canadá, o Whitecaps, ganhou a Conferência sobre o FC Dallas, e ganhou a MLS Cup sobre o Crew, em Columbus. Em 2016, não conseguiu classificar para nada. Na temporada atual, começou muito bem a temporada regular, embora esteja em má fase, e está na 3ª colocação da Conferência. Foi eliminado pelo Seattle Sounders na US Open Cup, no quarto round (primeiro disputado pelas equipes da MLS). 

Curiosidade: Além das campanhas, o Timbers é muito conhecido pela sua torcida, a mais apaixonada do futebol dos EUA, pela influência anti-fascista e as mensagens passadas nas arquibancadas, com bandeiras contra o rascismo, sexismo, a favor da causa LGBT, entre outros. A Timbers Army, torcida organizada fundada em 2001, é a mais antiga e maior dos Estados Unidos.
Resultado de imagem para timbers army antifa

Resultado de imagem para timbers army antifa
Resultado de imagem para timbers army antifa


Camisas do Sport Recife 2017


HOME
 AWAY Leaked
Material Esportivo: Victor Domingos
Patrocinadores: Caixa
Feito por: Victor Domingos



Camisa reserva do Santos 2017

AWAY
Material Esportivo: Kappa
Patrocinadores: Caixa, Algar, SEMP, Sócio Rei
Feito por: Victor Domingos



Camisas do Coritiba 2017

HOME
THIRD Leaked
Material Esportivo: Adidas
Patrocinadores: Caixa, ProTork
Feito por: Victor Domingos



Camisas da Ponte Preta 2017

HOME

 AWAY
Material Esportivo: Adidas
Patrocinadores: Caixa
Feito por: Victor Domingos




MLS 2017 - LA Galaxy

HOME
AWAY
Feito por: Victor Domingos
Patrocinador: Herbalife Nutrition

Franquia mais vitoriosa dos EUA, o Los Angeles Galaxy já acumula 5 troféus da MLS Cup e 4 do Supporters' Shield. Um dos fundadores da MLS em 1996, o Galaxy chegou à final na primeira edição, e perdeu para o Tampa Bay Munity (que não existe mais). Em 2000, elevou sua glória para toda América do Norte/Central, com a conquita da Liga dos Campeões da CONCACAF. O LA Galaxy contratou, em 2007, o meio-campo do Real Madrid David Beckham, fato esse que foi importantíssimo para popularizar a MLS em todo o mundo. Em 2005, a equipe de Los Angeles venceu seu primeiro e único double, bom os títulos da MLS Cup e US Open Cup no mesmo ano. Atualmente, o LA Galaxy se encontra longe da fase nos anos de glória, lutando apenas por uma vaga nos playoffs na Conferência Oeste.


MLS 2017 - Philadelphia Union

HOME
AWAY

Feito por: Caio Morais
Patrocinador: Bimbo 

Fundado a 2008, e uma das primeiras franquias à entrar na MLS por meio de um Expansion. A equipe conseguiu força e ajuda monetária do governo de Pensilvânia e da câmara municipal de Filadélfia. Seu nome, Union, se refere ao processo de independência dos Estados Unidos, quando as 13 colônias formaram a União do país, tendo a cidade de Filadélfia como a primeira capital americana. A primeira partida do Philadelphia Union foi no dia 25 de março de 2010, com derrota por 2 a 0 para o Seattle Sounders. O Union tem em suas campanhas de destaque dois vice-campeonatos da US Open Cup. Em 2014, para o Seattle Sounders na prorrogação, e em 2015, para o Sporting KC, nos pênaltis. O time tem como afiliado jogando na USL, o Bethlehem Steel FC, que atua desde 2015. As temporadas do Philadelphia demonstram a fragilidade do time de Pensilvânia. Apenas duas vezes o Union conseguiu terminar entre os 6 primeiros na Conferência, em 2016 e em 2011, nesta última temporada a equipe ainda terminou na terceira colocação da Conferência, indo direto para as semifinais, onde foi eliminada.


Futuras postagens: prévia

Visto que a série da MLS tem tido uma péssima quantidade de visualizações e interações com os leitores, trazemos nessa postagem o nosso planejamento para o futuro do blog, após o término da MLS. Temos percebido, vendo as estatísticas do blog, que o nosso público tem tendência a gostar mais dos kits de equipes brasileiras. Atendendo a esse gosto, trazemos o nosso projeto para o segundo semestre de 2017.
Algo mais grandioso, postaremos aqui camisas de todos os times dos 27 estaduais. Temos muita coisa feita, apenas o Amapaense não tem nada feito, já que o estadual de lá ainda não começou (embora tenhamos imagens do Trem e Santos-AP, que já jogaram algumas partidas na Série D).
Gostaríamos de receber um feedback de vocês, saber se vocês aprovam essa proposta. Comentem o que vocês acham!


MLS 2017 - Orlando City


HOME
AWAY
Feito por: Caio Morais
Patrocinador: Orlando Health

Fundado a 2010, quando o empresário Flávio Augusto da Silva - brasileiro e apaixonado por futebol - comprou os direitos da vaga da USL (outra divisão do futebol estadunidense), e colocou a equipe do Orlando City na competição a partir de 2011. Fez más campanhas na sua temporada de estreia, assim como em 2012, mas em 2013 e em 2014 venceu a USL, sendo convidado a disputar a MLS a partir de 2015, repassando a vaga para o Louisville City. A principal contratação, e a primeira na formação do elenco para a temporada de estreia na MLS, foi o pentacampeão mundial Kaká. Apesar de ter terminado em 7º na Conferência Leste - não classificando para os playoffs - o time se destacou pela média de público excepcional, tendo vendido mais de 16 mil ingressos para a temporada (como os pacotes que alguns clubes fazem para certa competição) [link]. Ficou apenas atrás do Seattle Sounders na média final de público, com 32.847. Na atual temporada, o Orlando City encontra-se na quarta posição da Conferência, dessa forma indo para a fase 1 dos playoffs (knockout round).

Curiosidade: uma parte das arquibancadas no setor 12 do estádio do Orlando City forma uma bandeira LGBT, em referências ao ataque em uma boate gay, em junho de 2012, onde 50 pessoas morreram em Orlando.
Resultado de imagem para orlando city stadium section 12


MLS 2017 - New England Revolution

HOME
 AWAY
Feito por: Caio Morais
Patrocinador: United Health Care

Fundado em 1996, o New England Revolution é uma das equipes a disputarem todas as 22 edições da MLS, e curiosamente, nunca ter vencido nem a MLS Cup nem o Supporters' Shield. Leva o nome de Revolution pois, entre 1775-83, ocorreu a chamada Revolução Americana, principalmente no estado de New England. As 4 primeiras temporadas do NE Revolution foram o pior momento da equipe na sua história, com nenhuma classificação às semifinais de Conferência. No ano 2000, os Revs começaram uma série de boas temporadas, com o vice da Conferência Leste. Em 2001, perdeu a US Open Cup na final; em 2002, foi vice na MLS Cup. Entre 2002 e 2007, sob o comando do técnico escocês Steve Nicol, foram 6 finais de Conferência disputados, no melhor momento do NE Revolution na MLS. Entretanto, em 2003 e 2004, não chegou na final da MLS Cup, e nos três anos depois, de forma consecutiva, conquistou três vices da mesma competição. Ao menos em 2007 a equipe foi coroada com o primeiro título importante, a US Open Cup. Péssimas campanhas entre 2008 e 2011 levaram a demissão do 'azarado' treinador, e Jay Heaps assumiu. Terminou em 9º na Conferência Oeste na temporada de estreia, mas em 2014 conquistou o 5º vice da MLS Cup. Em 2015 e 2016, terminou a Conferência em 5º e 7º, respectivamente, não conquistando a vaga nas semis de Conferência. A atual temporada não apresenta expectativa de uma melhora na equipe.

Curiosidades: o dono da equipe, Robert Kraft, também é proprietário do New England Patriots, uma das franquias mais famosas do Futebol Americano.
Considerando as equipes que disputaram a primeira edição da MLS, o Revolution foi o único que não trocou seu escudo em nenhuma vez (e não trocou de nome, como caso de 5 times).



Proxima